quinta-feira, 13 de julho de 2017

CENAS PITORESCAS DE UMA TARDE DE SÁBADO


tem dias que a gente acorda
&
olha uma penca de banana apodrecendo
[...]
traído pelo senado
&
recebe a notícia da condenação de um ex-presidente
[...]
a gente bebe um gole de café
&
fica lá... na varanda
olhando o mundo des“moro”nar
mais rápido que o apodrecer das bananas
&
o por do sol
(SIMAN)

1

A tarde estava tranquila e gostosa, mas eu queria era chegar em casa e... três adolescentes gritam pelas ruas.
- EU QUÉRUAS PUTA!
“O céu está bonito”, penso mantendo-me comigo.
- EU QUÉRU CACHACHA!
Olho para os adolescentes e volto a mim.
- EU QUÉRU É CATUABA.
Mal olho e menos os vejo, mas:
- Tá incomodado cuagênti, véi?
- Não!
- Agênti qué asputa concatuaba, véi. Agênti qué catuaba.
- Pois é... Eu com quase cinquenta e me garanto. E vocês com uns quinze e já broxas...

2

- Óia lá, óia lá, óia lá! – Fala zombando.
- Ridículo. – Ri e diz: Isso é maneira de homem se vestir?
- Parem com isso... – E o terceiro energúmeno dá a sua contribuição: É a opção de signo do cara.

3

Pássaros voam
Ideias pairam
Sem atenção nos pássaros
Boas respostas nas provas param.

4

Esta não aconteceu em um sábado e nem é reminiscências; é, como disse o poeta Vinícius Siman, um desabafo:

Estes são John e Mary; tiveram seus direitos assegurados pela CLT e esqueceram os tempos de pobreza. Gritaram: “Morra, Lula. Fora, Dilma. Prendam os petralhas...”.
O tempo passou. Não muito...
Estes voltaram a ser João e Maria; perderam seus direitos na CLT.
O tempo passou, passou e talvez ainda passe mais. – Deus nos livre! – E não esqueceram os tempos de riqueza. Quer dizer, riqueza de classe média...


SIMAN, Vinícius. Um Poema Como Um Desabafo. Enviado por watzap às 21:24h de 12 de julho de 2017.

 Rubem Leite é escritor, poeta e crontista. Escreve ao Ad Substantiam semanalmente às quintas-feiras; e todo domingo no seu blog literário: aRTISTA aRTEIRO.  É professor de Português, Literatura, Espanhol e Artes. É graduado em Letras-Português. É pós-graduado em “Metodologias do Ensino da Língua Portuguesa e Literatura na Educação Básica”, “Ensino de Língua Espanhola”, “Ensino de Artes” e “Cultura e Literatura”; autor dos artigos científicos “Machado de Assis e o Discurso Presente em Suas Obras”, “Brasil e Sua Literatura no Mundo – Literatura Brasileira em Países de Língua Espanhola, Como é Vista?”, “Amadurecimento da Criação – A Arte da Inspiração do Artista” e “Leitura de Cultura da Cultura de Leitura”. É, por segunda gestão, Secretário da ASSABI – Associação de Amigos da Biblioteca Pública Zumbi dos Palmares (Ipatinga MG). Foi, por duas gestões, Conselheiro Municipal de Cultura em Ipatinga MG (representando a Literatura).

Escrito entre a tarde de 24 de junho e 13 de julho de 2017.

Nenhum comentário:

Postar um comentário